Sintonia

Acontece com certa frequência. Paro o que estou fazendo e vou checar o celular, que está quieto no canto dele. Nem chamada perdida, nem sms novo. Mas alguns segundos depois o celular treme e chega a mensagem. Mensagem do Wally. É como seu eu soubesse com antecedência que a mensagem chegaria. Outras vezes a mensagem chega bem no momento em que eu decidi que enviaria algumas letrinhas para ele. Com ele ocorre o mesmo. Eu gosto quando isso acontece, sinto que é uma demonstração de que estamos realmente conectados, mesmo quando estamos longe fisicamente. Não me arrisco a encontrar uma definição para este tipo de acontecimento. Provavelmente devem ter muitas teorias e nomes para situações assim. Não me importo com as explicações, porque, sinceramente, não acho que haja realmente uma explicação plausível para isso. Eu gosto de acreditar que é um sinal de intimidade, sinal que as almas das pessoas que se gostam sempre estão abertas para sentir as vibrações, perceber quando um está pensando no outro.

Os gatos têm este sexto sentido mais aguçado que nós. A precisão deles me espanta e me encanta ao mesmo. Os meus filhotes sempre sabem quando o Wally está chegando e por qual porta do apartamento ele vai entrar. E sabem isso com minutos de antecedência e, sem ter qualquer pista (como barulho do elevador ou das chaves), ficam na porta esperando ele chegar. Nunca vi eles errarem. Quando eles estacionam perto de umas das portas do apê eu já sei que logo Wally estará em casa.

Este tipo de transmissão de pensamento acontece também com amigos bem próximos, de começar a pensar na pessoa e logo depois ficar sabendo que ela estava querendo falar comigo. Acho que isso realmente só acontece quando temos uma ligação forte com alguém. É algo quase mágico. Algo que quando acontece me faz sorrir e me sentir num daqueles filmes românticos àgua-com-açúcar, onde o mocinho e a mocinha, que estão à milhas de distância um do outro, suspiram simultâneamente pensando no amor que os une e na saudade que sentem.

:)






Comentários

  1. Eu acho essas coisas interessantes tbm. Não tento explicar, até porque acho que aí perde a graça. Comigo acontece de falar de alguém e a pessoa aparecer (geralmente no trabalho - outro dia falei de um cara q tinha saído da empresa, e na mesma hr ele passou do meu lado no refeitório, tinha ido assinar documentos. à tarde, contando pra minha amiga, na mesma hora ele entrou na sala - medonho! heheh). Tenho uma amiga q parece que pensa junto comigo, falamos as coisas ao mesmo tempo. E em casa os gatolinos tbm sabem quando estamos chegando, mesmo quando não tem barulho do carro na garagem. Amontoam todos na porta! Eu gosto disso, acho divertido =)
    Beijos!

    ResponderExcluir
  2. eu tenho essa sintonia tb com pessoas próximas. eu sempre penso que o telefone nada mais é do que uma energia correndo no fio e acho que nós quando estamos sintonizados em pessoas próximas captamos essa energia. somos telefones tb :) eu acho que pensamento é energia e pessoas na mesma freqüência captamos. realmente é um sinal de que tudo está conectado. eu e minha mãe nos surpreendemos vendo casais almoçando em shoppings e a desconecção. não abrem a boca, não se olham, praticamente se ignoram. e não são poucos. acho que aceitam que já desconectaram faz tempo. é estranho. a sarah é assim tb. e tenho uma faxineira que vem bem de vez em qd, e essa ela espera grudada na porta pq adora a moça. ela não só sabe que estão chegando como quem é. impressionante. um dia um técnico de luz veio, ela nem saiu da cama. me impressiona imaginar como ela sabe que aquele não dá medo e outro sim. uma sensibilidade incrível. adorei o post. beijos, pedrita

    ResponderExcluir
  3. Chuick, Amor! :)


    Rê,os gatos são campeões nisso ! Impressionante como eles sabem de tudo! :)


    Pedrita, eu tb vejo muitos casais que parecem estranhos, que realmente não estão juntos. Isso é triste. Ah, e a Sarah é sábia, ela só sai do canto dela quando é alguém que ela goste! :)

    ResponderExcluir
  4. Nossa Patry eu tenho isso tb com o bofe !!! Ele ontem ficou sem celular o dia inteiro e eu parecia que sabia... qdo era 22hs em ponto eu liguei pra ele e deu caixa postal, virei as costas e fui na cozinha, não deu nem 1 minuto ele ligou e disse: Estava tentando falar com vc, mas não conseguia... e eu tb :)
    Sempre acontece isso com a gente e eu adoro, é só eu pensar um pouco mais nele pra ele me ligar :)
    É o amor? rs

    Beijocas

    ResponderExcluir
  5. Já aconteceu isso comigo e com o "innombrable". Eu passei o domingo todo meio estranha e na segunda me sentia angustiada. Na segunda-feira nao o vi conectado e, por mais que pudesse ser qualquer coisa, nao me sentia tranquila. Entao, mandei uma mensagem e fiquei sabendo que ele havia sofrido um acidente feio de carro e estava internado no hospital.

    Bjs,

    Mari

    ResponderExcluir
  6. Daqui por diante só vou te chamar de Diná!

    ResponderExcluir
  7. Mari, gostei do jeito de chamar o moço. Eu lembro desta história, a gente sente mesmo quando algo acontece com alguém que gostamos.


    Damian, Não! rs... :P

    ResponderExcluir
  8. Ah, e tem um amigo que sempre que pergunto as horas, é 12:34!!!! Isso aconteceu muitas vezes.. POisé, preciso mudar as companias na hora do almoço, ou comprar um relógio. rs!!bjs!

    ResponderExcluir
  9. Tak, eu acho que vc nem devia mais perguntar as horas para o tal amigo já que vc já sabe a resposta! eehe :)

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Vamos, comente!!!

Postagens mais visitadas deste blog

Na Secadora Não!

Ovono

Papel e caneta