Susto


Ainda estou assustada. Ontem de manhã, por volta das 11 horas, fui assaltada. Foi um susto enorme, e ainda tudo passa na minha como um filme e tudo em câmera lenta ainda. Acho que tudo não levou mais do que uns 30/40 segundos. Fui me dar conta do acontecido quando o cara já tinha ido embora com o meu celular e eu estava no chão. Eu estou bem, apenas com dores por conta da queda e um tanto nervosa por tudo. Eu estava na Av. Jacutinga indo para a casa da minha mãe, estava falando com Wally ao celular. De repente senti uma mão na minha boca, o tranco bem forte. O cara jogou meus óculos longe, arrancou o celular da minha mão e me jogou no chão. Quando dei por mim estava berrando no caída na calçada. Eu tremia e tentava achar os óculos. Um menino que trabalha num bar ali perto veio me ajudar e me levantou. Encontrei os óculos com as lentes lascadas, mas ainda em um estado razoável para eu usá-los. Como era o ladrão? Não sei, sei apenas que estava de moto. Eu tremia, falava alto, acho que fiquei histérica mesmo. No bar consegui falar com Wally. Era só no que eu pensava, pois eu não sabia o que ele tinha ouvido e queria tranquilizá-lo falando que eu estava bem. O pessoal do bar foi muito gentil comigo, fiquei lá até a Paula ir me buscar. A polícia foi chamada, foi bem tratada pelos políciais, que tiveram a paciência de meu ouvir mesmo eu falando tudo meio embolado. Não fiz o B.O. ainda, eu tentei mas não consegui. Na delegacia que fui ontem falaram que ia ter que esperar mais de 3 horas e fui orientada a fazer o boletim de ocorrência pela internet. Fiz, mas não adiantou, pois lá não tem a opção de roubo, apenas furto. Hoje tentarei fazer, mas se perceber que ficarei horas na delegacia eu vou desistir.

Nunca tinha passado por algo assim. É assustador notar como sou vulnerável, que diante de um ataque assim nada eu posso fazer. O cara me jogou no chão como se eu fosse uma folha de papel, a força dele era impressionate. Eu senti medo mesmo, como nunca senti antes. É assustador pensar que mesmo à luz do dia, numa rua aparentemente tranquila, num bairro tranquilo, a gente está correndo perigo. Mas não adianta procurar razão, ou pensar que eu estava dando bobeira por andar falando ao celular. Wally ficou com sentimento de culpa porque ele que me ligou naquela hora. Mas ele não tem culpa, pois aconteceu porque eu estava passando ali bem no momento que o ladrão de merda estava por lá. Eu saí de casa no horário certo para ser assaltada. Era para ser. Pelo menos estou aqui bem, apesar das dores e da vista embaralhada por conta das lentes.

A raiva e o susto ainda vão demorar um pouco para passar. Eu estou com muita raiva mesmo. Desejei que um caminhão passasse pela moto do infeliz que me roubou. E espero que o telefone exploda na mão dele. Bom, o chip foi devidamente bloqueado, pelo menos meu número e meus créditos estão a salvo. Agora é conseguir um chip novo e um celular velho ( tão cedo não gasto com um celular novo, pois eu tinha acabado de terminar de pagar o que me foi roubado!) , para reativar minha linha de telefone. O pior mesmo é arrumar os óculos. Se eu não achar a receita, terei que ir ao oftalmo. Mas o pior mesmo é a grana que vou gastar, as lentes estavam novinhas e agora vou ter que desembolsar uma grana preta por lentes novas.

E meninas, evitem falar no celular quando estiverem sozinhas andando na rua. Infelizmente somos alvos fáceis para os ladrõezinhos de merda, que sabem que são mais forte e que a gente não tem como reagir.


E para quebrar o climão deste post: amanhã sai o resultado do concurso do show da Madonna! Conheceremos o vencedor ou vencedora!!! Boa sorte para todos os participantes!






Comentários

  1. Patry, que susto! E que horror, e mais que tudo, que raiva! Meu sangue ferveu lendo seu posts. Nunca aconteceu comigo (já roubaram meu celular, mas não na minha presença, ainda que eu estivesse por perto, foi na minha festa de casamento), mas eu tenho ódio desses ladrõezinhos. Poxa, eles deixam uma pessoa assustada por muito tempo por causa de um celular ou qualquer coisa do tipo... dá vontade mesmo de arrebentar a cara do infeliz que faz isso. E saber que eles as vezes tem mais direitos do que nós nesse país dá mais raiva ainda. Tomara que seu susto passe logo e não aconteça de novo nunca mais, e que os filhos da puta morram de um jeito bem dolorido...
    Beijos :-(

    ResponderExcluir
  2. Patry, estou abismada com o que aconteceu. Só imagino o susto que vc tomou, mas graças a Deus ele não te machucou muito. Espero que vc se recupere logo do susto e os bens materiais vc conquista novamente. Beijocas

    ResponderExcluir
  3. Uma coisa, vc bloqueou com o Imei do celular tb pra esse merda não conseguir usá-lo?

    ResponderExcluir
  4. Patry ver vc bem me alivia muito fiquei muito preocupada. MAs ainda acho q vc deveria fazer o B.O. para sua segurança e tentar melhorar a segurança do Bairro sei que é meio polianna mas se nao registramos isso fica dificil tb eles policiarem mais on de isto ocorre. Bem mudando de assunto a jurada quer as frases!!!

    ResponderExcluir
  5. Nossa que horror! Fico feliz que vc esteja bem. Bjos!

    ResponderExcluir
  6. é bastante comum ser assaltado falando ao celular. conheço várias pessoas que passaram por isso. uma me contou ontem por sinal. um cliente andava no centro e esse teve mais sorte que você. só puxaram, ele nem viu quem e a pessoa nem correu, se misturou na multidão. tanto que no centro nem falo ao celular. espero entrar em algum lugar. que chato amiga. espero que esteja melhor. eu já conheço umas 4 pessoas que passaram por isso. beijos, pedrita

    ResponderExcluir
  7. Ah, querida, sinto muito!
    O susto deve ter sido grande, mas que bom que vc está bem :)

    beijo!

    ResponderExcluir
  8. Rê, acordei melhor. Mas ainda com muita raiva. E o pior que a gente sabe que nada acontece.

    Dany, Wally fez todo o bloqueio. E tirando a dor, estou bem.

    Sugar, vou tentar fazer o BO, mas se for demorar muito eu desisto.

    Nathy, foi um grande susto. Mas ainda bem que nada demais aconteceu comigo.

    Pedrita, fiquei sabendo que no local que fui assaltada muitas mulheres já foram. O crime é recorrente naquela rua e sempre durante o dia.

    Helen, devo estar 80% bem. Agora é só esperar a dor passar e arrumar os óculos para eu enxengar direitinho.

    Obrigada pelas palavras meninas!

    Beijos

    ResponderExcluir
  9. Menina, que péssimo! Imagino como vc esteja abalada. Bom, graças a Deus que, apesar dos pesares ( susto, preju, raiva, etc), vc está bem.
    Por isso que eu não consegui te mandar um sms ontem a noite. Queria avisar que estava sem net p/ mandar minha participação no concurso. Achei que não era mesmo p/ eu participar, pois não conseguia mandar o mail nem te avisar por cel.
    Sei de uma amiga que participou e torço por ela!
    Bjo e melhoras!

    ResponderExcluir
  10. MIss Oak, tudo está bem. Já acordei menos dolorida. Que bom que não conseguiu mandar o sms, sinal que o bloqueio funcionou! Que pena que não mandou a frase. Mas agora está na mãos dos jurados... eu estou curiosa para saber quem vai ganhar! Boa sorte para sua amiga!

    Beijos

    ResponderExcluir
  11. Nossa Patry, que susto...Coisa horrível isso menina.

    Mas discordo pelo fato d evc estar de bobeira no celular. sabe, eu acho isso um pensamento infame que nem deveria te abalar.

    O celular era seu de direito e o você pode e deve usá-lo onde e quando quiser. O problema é a nossa segurança frente a um policiamento ineficaz. Lamento mesmo, mas não mude o seu jeito por causa destes infelizes.

    Quanto aos óculos, há várias ópticas que conseguem ver a especificação a partir das lentes. Se vc tem certeza de que não era hora de consultar um oftalmo, podes ir tranquila a uma optica que eles conseguem ver a especificação...

    Beijos e fique bem!

    ResponderExcluir
  12. Adelaide, Você está certa! A gente tem o direito de usar o que é nosso. Sabe eu estou com raiva mesmo de ter tido meu celular roubado. Paguei por ele com grana do meu trabalho e vem um vagabundo e leva!

    Encontrei a receita dos óculos! :) Hoje a tarde vou fazer os novos!

    Beijos e saudades de vc!

    ResponderExcluir
  13. Patry,

    Que triste saber que vc passou por isso! E que bom que vc esta bem! Os caras sao uns FDP mesmo...

    Beijos e pense que agora ja passou!

    RAFA

    ResponderExcluir
  14. q meleca chuchu!!!
    tá dificil viver sabe?!! tá cada dia mais desanimador....

    ResponderExcluir
  15. Rafa, obrigada pelas palavras. Agora é questão de tempo pra superar o susto.

    Ice, é complicado mesmo. Não há horário ou lugar seguros.

    Beijos

    ResponderExcluir
  16. poxa, eu conheço muita gente que foi assaltava por alguém de moto ou bicicleta enquanto falava no celular. por isso eu sempre tomo muito cuidado ao falar no celular e me afastar pra isso, peguei até uma paranóia já...
    ainda bem que não teve muito prejuízo, espero que isso não te assuste mais e que os machucados da queda e do susto sarem logo!
    beijão.

    ResponderExcluir
  17. Lu, sabe eu tenho medo de ficar neurótica. Vou tentar voltar ao normal. É triste a gente não ter paz para andar nas ruas. Já estou melhor, as dores estão passando. Acho que o trauma vai levar mais tempo pra passar que as dores no corpo.

    Beijos e obrigada pelo carinho!

    ResponderExcluir
  18. POXA MENINA!
    que baita susto. eu nunca fui assaltada e morro de medo disso. sempre ando antenada, com olhos na nuca. terrível isso.
    minha amiga acaba de me dizer que viu um cara ser morto a tiros num bar em marilia, uma baita cidade tranquila.
    as vezes nao dá vontade de sair de casa.

    ResponderExcluir
  19. Lili, espero que você nunca seja assaltada. É péssimo. Eu fiquei com certo receio de sair de casa depois de tudo, mas não posso deixar o medo me dominar.

    Beijos

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Vamos, comente!!!

Postagens mais visitadas deste blog

Na Secadora Não!

Meus Furacõezinhos!

Ovono