Passeando em Campos

Vista do Morro do Elefante

Sábado foi dia de passear por Campos do Jordão, de andar pelas ruas da cidade, ver o comércio e me encantar com a beleza do lugar. Foi um dia frio, mas que o sol conseguiu aparecer um pouco no meio de tantas nuvens. Felizmente não choveu, só caíram uns pingos de chuva de noite, mas não passou de uma leve garoa. Assim nosso city tour foi um sucesso!

Logo que eu vi o teleférico fiquei doida para andar nele. Este teleférico leva a gente até o topo do Morro do Elefante. É um subida rápida, mas que dá um medinho básico. Na verdade tenho receio sempre da hora de subir e descer da cadeirinha, sempre acho que não vou conseguir fazer isso no tempo certo e assim levar um tombão. Mas correu tudo bem e no final adorei o passeio na cadeirinha. Quando cheguei lá em cima não resisti e resolvi blogar. Peguei o celular e postei uma foto da cidade. Durante a viagem toda passei longe do computador, fiquei mesmo desconectada, o mais perto que cheguei da internet foi quando postei duas vezes via celular.


Chegando lá nos deparamos com este elefante feio. Mesmo assim fiz questão de tirar foto nele. Mas logo que eu subi eu me arrependi, pois me dei conta de como a escadinha era ruim e estreita. Foi um drama para eu descer do bendito elefante! Ainda bem que Wally estava lá para me salvar! Ele, claro, não teve nenhum problema em subir e descer do bicho feio. Outra coisa estranha que encontramos lá no topo foi o show da banda folclórica mais famosa do Peru. Realmente a paisagem de Campos não combina com a música peruana, ainda mais quando no repertório deles estava inclusa uma versão peruana da música do Bonanza. Ficou estranho, parecia um filme com trilha sonora errada.

Depois do passeio fomos almoçar no Baden Baden, restaurante alemão e um dos points mais concorridos da cidade. Como tinha fila de espera para as mesas da calçada, ficamos na parte interna do restaurante. Para celebrarmos o meu aniversário o prato escolhido foi eisbein, que adoro. Experimentamos a cerveja local, que descobri ser muito famosa. Gostei, combinou bem com a carne de porco. Foi um almoço e tanto! Aliás, um passeio que ficou faltando neste viagem foi conhecer a fábrica da Baden Baden. É preciso agendar a visita, e só havia horário para a segunda à tarde, então deixamos para a próxima vez.


No início da tarde fomos passear de bonde. O passeio dura cerca 40 minutos e vai da estação de trem até o portal da cidade. O bondinho está bem conservado e o passeio dá para ter um bom panorama da cidade e saber um pouco da história local. Gostei bastante!

A comemoração do meu aniversário terminou no restaurante argentino Churrasco Ao Vivo. Aconteceu algo bem curioso nesta noite. Wally estava bem curioso para saber sobre o jogo da Argentina X Peru, mas a gente não tinha conseguido informação alguma, afinal estávamos completamente desconectados. Saímos então para jantar e tínhamos a intenção de comer fondue, mas o restaurante escolhido estava uma muvuca, com fila de espera, então resolvemos ir neste restaurante argentino, onde iríamos no domingo. Chegando lá a tv estava sintonizada no tal jogo e alguns instantes depois da gente sentar aconteceu o gol da Argentina, o gol que garantiu a vitória. Parecia destino, Wally estar em um restaurante argentino e ver o seu time vencer de maneira épica. Foi bem bacana! O restaurante é lindo e a comida é deliciosa. Adoramos! E foi lá que comi o meu "bolo de aniversário" que coloquei a foto aqui no dia 10. Na verdade não era um bolo, mas sim uma panqueca de chocolate com recheio de dulce de leche. Uma delícia!!! Foi realmente um dia de aniversário inesquecível!

Amanhã tem mais fotos da viagem por aqui! :)

Comentários

  1. O Wally, que é do River aqui, teve que ver o gol do Loco Palermo, que é do Boca. Ironico...hehehe, mas acho que pra ele deve ter valido a pena do mesmo jeito.
    Ah, eu tb tenho medo de descer da cadeirinha. Quase entrei em panico qdo tive que descer da aerosilla em Bariloche, com esqui nos pés. Caí, claro! hahahaha

    ResponderExcluir
  2. Oi Marion.

    Já andei nesse teleférico alguns anos atrás, mas no bondinho nunca. Nem sabia que existia.
    Vou anotar.

    Bjs.
    Elvira

    ResponderExcluir
  3. eta inveja positiva!!!!!!!!

    eu nao conheco campo do jordao

    ah marion choveu em manaus finalmente hihih, lembrei de vc

    bom retorno as atividades depois do passeio

    ResponderExcluir
  4. adorei as fotos! lua de mel total, lindo lindo! eu adoro as casas no morro do elefante, são lindísssimas! hahaha, nunca andei no teleférico!!! e hhhahahahaha, nem imaginei q dava pra subir no elefante!!! ah, não sou muito fã de comida alemã, afe, rimou, nunca fui no baden baden, mas meus amigos elogiam. hahaha, nunca passei no bonde hahhahaha. caramba, não sabia desse restaurante argentino, anotado. é q eu vou mais sozinha pra campos, e a maioria dos restaurantes visa duas pessoas, então eu sofro um pouco pra comer por lá. parabéns de novo pelo seu niver. beijos, pedrita

    ResponderExcluir
  5. Mari, acho que o Wally nem reparou neste detalhe na hora do jogo! Ai, que medo descer da cadeirinha de esquis!


    Elvira, acho que vc vai gostar do bondinho!

    Gammelo, vc ia congelar com o frio! Aproveite a chuva!

    Pedrita, vc precisa então fazer programa de turista mesmo em Campos! É ótimo...


    beijos!

    ResponderExcluir
  6. Lindo o restaurante! Adoro esse tipo de construção, lá no sul tinha bastante, nem parece coisa de Brasil :)
    Já fiquei com medo desse teleférico! hehehe... mas também gosto deles! E prefiro a descida do que a subida, me dá menos pânico, sei lá :)
    Beijos!

    ResponderExcluir
  7. Rê, eu fiquei com mais medo na descida. Mas o pior momento mesmo é descer e subir da cadeirinha! Você vai adorar Campos, tem que ir conhecer!

    Beijos

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Vamos, comente!!!

Postagens mais visitadas deste blog

Na Secadora Não!

Ovono

Papel e caneta