Tempo, tempo

Quando eu fico presa no trânsito sinto que perco horas da minha vida. E isso me deixa angustiada. Ontem aconteceu isso. Choveu muito e tudo parou. Eu só queria chegar em casa e a percepção que o trajeto duraria mais muito mais que o normal já me incomodou, a tal ponto que nem vontade de ler meu livro eu tive. Fiquei olhando para a chuva e o céu cinza. Esta sensação do tempo me escapando me atinge com mais força nesta época de fim de ano, quando os dias parecem mais acelerados e num instante a gente já estará brindando o ano novo. Eu gosto de aproveitar bem o meu tempo e isso significa usar o meu tempo do jeito que mais me agrade ou fazendo coisas que tenho que fazer, mesmo que eu não goste de fazê-las. Pois assim estou usando o meu tempo, agora, ao ficar presa no trânsito estou em uma situação que não tenho por onde fugir, onde a minha vida entrar em suspensão até eu conseguir chegar no meu destino final. Outra coisa que me dá a sensação de desperdício de tempo é dormir demais. Eu sou uma pessoa matutina. Gosto de acordar relativamente cedo, mesmo aos fins de semana. Se durmo demais acho que estou perdendo tempo, pois fico muito tempo em stand by. Chego a ficar de mau humor de durmo além da conta. Também sinto que perco meu tempo quando a tristeza me atinge. Sou do tipo que quando estou triste demoro para me recuperar, sou de ficar sem querer fazer coisa alguma. Isso me incomoda, pois vejo gente que parece que se recupera tão rápido de uma fossa. Eu nunca consegui. Há outras situações mais, mas acho que estas são as principais que me dão a sensação de perder tempo precioso da minha vida. Assim tento driblá-las sempre que possível. :)


Nota da blogueira: Falando em tempo, a entrada do horário de verão juntou-se com a minha mudança de horário de trabalho. Fiquei fora de fuso mesmo. Eu estava bem acostumada com o horário antigo e agora estou me adaptando ao horário novo. Nunca uma entrada de horário de verão foi tão radical assim para mim. Mas acho que semana que vem já entro em sintonia com a minha nova rotina.


Comentários

  1. oi amiga, achei que ainda estava no horário antigo e ainda no horário de verão. eu acabei lendo um livro à noite andei tendo insônias bárbaras. é tão aviltante o que fazem naqueles países somália, arábia e etiópia que fiquei mal. afe. ah, voltando ao tema do blog, sorry, divaguei. eu tb me incomodo com trânsito, hj estou com culpa pq recuei de ir em um evento e sei q podem ter se incomodado. da maioria que ia eu sou a q moro mais longe. a maioria deve ter ido, aí parece má vontade, mas já sofri tanto com alagamentos q medrei. e agora vc volta em um horário um pouco mais cheio de trânsito, ainda com chuva, valha-me!! beijos, pedrita

    ResponderExcluir
  2. Patry, a minha volta pra casa de onibus demora uma hora e, como tb acho uma perda de tempo, resolvi fazer ginástica numa academia que fica perto do metro. O lado negativo é que tenho que andar 10 quadras de salto alto, mas enquanto eu faço ginastica, as pessoas perdem seu tempo no transito do horario de pico e eu aproveito para me exercitar! Depois, qdo está tudo mais calmo, vou pra casa.
    Beijinhos.

    ResponderExcluir
  3. Pedrita, você devia ler coisas mais leves antes de dormir! E fez bem de não ir no tal evento, ia se arriscar ao sair nesta chuvarada!


    Mari, já pensou em levar um sapatinho baixo na bolsa para fazer o trajeto até a academia? Nossa, é MUITA coisa para andar de salto!!!! Como sengue?

    Beijos

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Vamos, comente!!!

Postagens mais visitadas deste blog

Na Secadora Não!

Meus Furacõezinhos!

Ovono