Quase um passeio ao ar livre



Pode não parecer, mas esta foto foi tirada em um shopping center aqui em São Paulo. Mais precisamente no terraço do Shopping Cidade Jardim. No sábado fui pela primeira vez lá. O shopping é bem novo e é considerado o shopping mais requintado e caro da cidade. Eu estava bem curiosa para conhecer mas também um tanto receosa, pois já havia escutado que lá era monocromático demais e que o povo que freqüentava o local era esnobe demais. Mesmo receosa fui animada para o shopping e adorei logo de cara.  O lugar é muito lindo e arejado. Tudo é em tons de marrons, indo do bege ao marrom escuro. Não achei monótono, achei que ficou bem lindo, as tonalidades estão bem combinadas.  O que me chamou muito a atenção foi o piso do shopping, é um piso àspero com jeito de piso de calçada. Adorei, pois deu uma sensação que estamos andando na rua. Esta sensação de andar na rua é amplificada pela iluminação natural e pelo fato dos restaurantes estarem intercalados com as lojas, não estando aglomerados numa praça de alimentação como é comum nos demais shopping centers. Realmente  parece que estamos passeando na rua e entre uma vitrine e outra nos deparamos com um lugar bacana para comer. Vi muitos restaurantes que fiquei com vontade de experimentar, mas acabei almoçando num velho conhecido, a Lanchonete da Cidade. Pois estava com pouco tempo, tinha ingresso de cinema comprado, e em lugar novo eu sei que demoro séculos para decidir o que quero, com um cardápio conhecido é bem mais rápido. 
Lá o cinema é Cinermark. Fui em uma sessão 3D para ver o filme " A Lenda dos Guardiões". Adorei a sala, com cadeiras bem confortáveis, superiores ao padrão normal do Cinemark. A sala é ótima, grande e com uma inclinação ótima da platéia. Assim nenhuma cabeça atrapalha a visão da tela, que é bem grandona.
É um shopping que difícilmente eu freqüentarei para fazer compras, pois as lojas são de marcas caras, salvo uma Centauro perdida no meio de tantas grifes, e produtos deste tipo de loja estão totalmente fora do meu orçamento. Mas nem ligo para isso, gosto de ver as vitrines, ver produtos que raramente vejo nos shoppings onde vou para fazer compras como o meu querido Shopping Ibirapuera. Realmente não me sinto mal por estar num lugar onde os produtos das vitrines são inatingíveis para mim. Além das lojas caras, percebe-se que o shopping é de alto padrão já no estacionamento. Me senti numa filial do Salão do Automóvel, só carrão estacionado ali.  Carro "normal" só  minha Meriva e um ou outro Gol e Uno perdidos pelo estacionamento.  E as pessoas? Eu achei todo mundo muito normal lá, pensei que ia ver gente muito emperequetada e com cara de madame.  Vi gente com roupa de passear em shopping mesmo, todo mundo muito casual. Tinha até gente casual demais, com roupa de ginástica e fazendo cooper no terraço do shopping!  Ou seja, um shopping normal, mas que é muito mais lindo que os outros e com uma atmosfera adorável de estar-se fazendo um passeio ao ar livre. Com certeza o Shopping Cidade Jardim entrou para a minha lista de shoppings favoritos. Quero voltar mais vezes lá para experimentar os restaurantes e claro, para ir ao cinema.  


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Na Secadora Não!

Ovono

Papel e caneta