Quilos a mais!



As evidências estavam por todos os lados.  Roupas ficando mais apertadas, algumas peças nem servindo mais. O meu reflexo no espelho já  me desegradava um pouco. As fotos mais recentes também mostravam alguns contornos não muito harmoniosos do meu corpo.  Mas eu continuava fugindo da balança,  talvez com medo de aceitar a verdade. No fim de semana finalmente me pesei e fiquei chocada.  Eu estou com 61 kg !!! Nunca pesei tanto na minha vida.  Pode não parecer muito, mas para mim é ! Sou baixinha, tenho meros 1,58m, e sempre fui magra. Tá certo que nos últimos anos já não era tão mais magra como antes. Ficava flutuando entre  55 a 58 kg.  Até me casar, eu pesava 48 kg. Casei e o peso pulou quase que instantaneamente para 53 kg. Até então eu nunca tinha engordado na vida. Sempre pude comer o que quisesse e podia ter uma vida preguiçosamente sedentária. O ponteiro da balança nunca se mexia. Era o paraíso! 

O tempo passou, meu ritmo de vida mudou, a idade também e com isso os quilos foram chegando e ficando.  Cheguei a frequentar a academia por quase dois anos, mas cansei e desisti.  Não renovei a matrícula no começo do ano e não fui mais.  Me entusiasmei com o Kinect Training do Xbox 360 no há alguns meses, mas o entusiasmo não ultrapassou dois meses. E assim o meu ano de 2013 tem sido bem sedentário. Reparei também que andei abusando da comida.  Claro que isso não podia dar bom resultado e aqui estou eu assustada com o número que vi na balança. 

Resolvi enfrentar o problema de frente. Não  posso engordar mais e quero voltar ao meu peso normal. Não tenho ilusões de voltar a pesar 48 kg, mas pretendo chegar ao menos nos 55 kg. Sei que tenho um árduo caminho pela frente. Estou determinada, pois não estou gostando de mim assim.  Já comecei a prestar mais atenção no que coloco no prato, tanto na quantidade como no tipo de alimento. Preciso maneirar mesmo na comida.  Também já comecei a me movimentar, voltei com o Kinect  Traning. Desta vez não vou desistir.  Sei que vou ter que lutar muito com a minha preguiça, mas não posso desistir, não posso aumentar mais de peso. 

Nestas situações somos nosso principal aliado e o nosso pior inimigo. É uma luta interna constante. É muito mais fácil se acomodar e encontrar justificativas para aceitar o ganho de peso, fingir que isso não incomoda. Fazer tudo direitinho, como comer bem e fazer exercícios, é difícil e chato.  O que eu tenho que pensar que vai valer a pena. Tenho que ter determinação. E no momento eu tenho muita e  vou me esforçar para continuar assim.


Comentários

  1. Sei bem como é isso, tô na luta também! Parece bobagem, mas um único quilo faz uma diferença enorme pra nós, que somos pequenas. A roupa já aperta ou fica sobrando com uma variação pequena de peso - e pra mim isso é o pior, perder roupas, que custam caro e não dá pra ficar repondo toda hora.
    Sabe que eu pensei ontem em te perguntar se vc ainda seguia com o Kinect Training!
    Ah, era mesmo ótima a época em que dava pra comer de qualquer jeito e não engordar. Mas essa fase já era, rs.
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Re, estou determinada. Tenho me contido nas refeições, e estou firme na ginástica. Olha, como eu me arrependo de ter parado com o Kinect! Uma vergonha! E agora estou tendo que lidar com as consequências da minha vergonhosa preguiça! ahahah

      Espero vencer a preguiça e a gula! Que você consiga também! Estamos juntas na luta!

      Beijos

      Excluir

Postar um comentário

Vamos, comente!!!

Postagens mais visitadas deste blog

Na Secadora Não!

Meus Furacõezinhos!

Ovono