Letrinhas trocadas


Ano que vem meus posts estarão repletos de erros de Português. Hoje dia sempre tem um errinho ou outro, pois eu escrevo muito rápido e vivo trocando as letras. Mas a situação vai piorar bastante, pois em 2009 entrará em vigor a tal reforma ortográfica da língua portuguesa e eu não estou nem um pouco disposta a reaprender a escrever em meu próprio idioma. Assim, este blog continuará a ser escrito em Português "arcaico". Esta reforma vai ser uma boa desculpa para a gente errar sem culpas, acho que no fim das contas ninguém mais vai escrever certo. Até os editores dos dicionários estão confusos com as novas regras e acabaram publicando regras bem diferentes nas edições mais recentes de seus dicionários. Eu cheguei a dar uma olhada nas novas regras e isso só serviu para me deixar mais confusa. Acho dificil depois de adulta assimilar um novo jeito de escrever. Serei como a minha mãe, que até hoje escreve as palavras do jeito que era correto antes da última reforma ortográfica. Eu sinceramente não vejo razões reais para esta reforma, vejo apenas o gasto que isso trará. Os livros terão que ser revisados, edições que hoje são novas ficarão desatualizadas de repente, além de cursos de capacitação que os professores terão que fazer, sem mencionar tudo o mais que terá que ser refeito, desde bulas de remédio a sites de internet. Alega-se que a reforma visa uniformizar o idioma Português daqui com o de Portugal e de outros países. Ilusão pura, pois o vocabulário continuará distinto, as regras de ortografia não vão facilitar a compreensão de um texto escrito. E eu acho, mesmo com vocabulário e regras ortográficas distintos, que hoje é perfeitamente possível ler e entender bem um texto escrito com o Português de Portugal, claro que nota-se o "sotaque", mas continua sendo o mesmo idioma que nós falamos aqui. Parece que os idealizadores esquecem que um idioma é algo vivo, que vai mudando sempre e que não há como enjaular um idioma. As mudanças são comuns em um idioma, mas desde que aconteçam naturalmente e não com imposições como agora. Esta mudança só vai trazer transtornos para nós. Ainda bem que eu já saí da escola, senão enfrentaria sérios problemas com as provas de Português. Mas tem um item da reforma ortográfica que vou seguir: a exclusão do trema. Na verdade, eu já deixei de usar o trema há séculos, nunca lembro de colocá-lo. Enfim, o jeito é esperar e ver o que de fato vai acontecer com o nosso jeito de escrever. Ver se a tal reforma vai valer na prática.

Bom fim de semana!!!!


Comentários

  1. poxa eu já troco letra tb mas algumas coisas não conseguirei aprender tão tao fácil, ou na minha opnião desaprender. E acho q muitas darão uma idéia ( agora não tem mais acento) sobre pronúncia de muitas palavras.

    ResponderExcluir
  2. Eu acho essa reforma uma tremenda bobagem e nem tô preocupada em saber direito o que mudou, vou continuar escrevendo do meu jeito e vou ser sim igual minha vó que ainda escreve coisas tipo "êle". Quando criança eu achava engraçado mas agora eu entendo. Se eu achasse a reforma útil, com certeza seguiria, mas como não acho, a maioria das coisas eu não vou implementar, a menos que escreva pra alguém ou algum lugar que exija a nova regra (e por isso já imprimi minha apostilinha e deixei em casa, rs).
    Beijos!

    ResponderExcluir
  3. Estou preocupada,pois como vc. disse teremos que reaprender e independente da disciplina que lecionarmos, teremos que nos ater como serão nossos textos para os alunos....Minha nosssaaaaa!!!!
    Mas, o que vamos fazer???

    ResponderExcluir
  4. Sugar, eu acho que as novas regras de acentuação ( ou melhor, a perda dos acentos) é mais complicada para mim. A gente vai ter que escrever tudo "errado" agora...

    Rê, eu também só vou me preocupar em aprender a escrever com as novas regras se tiver escrever algum texto desta maneira.

    Tininha, o jeito é se conformar e tentar aprender. Para os professores eu acho que é pior, como ensinar algo que vc não sabe direito??? É vc vai ter que arrumar alguma cartilha com as novas regras para aprender....

    Beijos

    ResponderExcluir
  5. A língua é viva e mutante. Ela está viva nas ruas, na boca dos cidadãos. As autoridades nao deveriam impor mudanças, mas sim formalizar as que já existem e foram criadas por nós mesmos, de maneira natural.

    ResponderExcluir
  6. Acho melhor eu começar a tirar todos
    os acentos de tudo...rs

    Bjs

    ResponderExcluir
  7. Mari, concordo com você! :)

    Dany, é uma boa medida! ehehe

    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Nossa... Também acho uma besteira essa mudança. A única mudança que eu realmente defendo é parar de chamar nossa língua de "Portuguesa". Devia ser língua Brasileira... Pois é completamente diferente de Portugal e outros países que falam português.

    Um abraço!

    ResponderExcluir
  9. Olha, eu acho que não vai mudar nada, não, sabe por quê? O Português já foi deformado por nosso sistema capenga de ensino. A aceitação da escrita coloquial já vinha matando a Língua faz tempo. O que acontece agora é que tem aval dos teóricos.

    Eu adoro escrita simples, longe de mim querer firula, mas não dá pra negar que nossa juventude está analfabeta funcional, dá? Nós escrevemos internetês por opção. Se precisar, escrevemos formalmente na boa. Eles, não. Só conhecem o miguxês. Daí, na hora da avaliação dá no que dá. Ou seja, não dá :)

    Agora, essa bobagem de maior integração entre os países que falam Português KKKK Faz me rir. O Brasil só vai se integrar com outro país quando ele conseguir, ele mesmo, ser um país inteiro. Nós não interagimos nem com o Nordeste, gente...

    beijo, desculpa o comentário gigante rsrsrs

    ResponderExcluir
  10. Tati, se formos pensar radicalmente nem aqui no Brasil se fala o mesmo idioma. Basta mudar de estado para a gente se deparar com vocabulários totalmente distintos somados ao jeito particular de cada região de utilizar o idioma. Quando a gente vai para o NE tem que aprender praticamente uma nova língua.... é tudo muito diferente do que é falado aqui.

    Helen, eu adoro comentários gigantes! Concordo com vc, hoje os jovens mal sabem ler e escrever, mal sabem falar se formos pensar bem. É triste ver como o ensino anda capenga. E acho que esta reforma não vai pegar tb.

    Beijos

    ResponderExcluir
  11. além do fim do trema, acho que tem outras regras na mudança que só oficializaram o q já estava sendo feito...
    de qq forma, não devemos nos preocupar, pois há um período natural de adaptação, né? acho que vai demorar até todo o mundo começar a escrever com as regras novas! mas eu acho que uma hora "pega".
    beijo!

    ResponderExcluir
  12. Nossa,tamanha inconseqüência destes delinqüentes! Vamos ter que reaprender tudo. E eu escrevo assim com freqüência. Assim eu não agüênto!! Beijo!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Vamos, comente!!!

Postagens mais visitadas deste blog

Na Secadora Não!

Meus Furacõezinhos!

Ovono