Parabéns, Felipe!!!!


Fazia muito tempo que eu não torcia e me empolgava tanto com uma corrida de Fórmula 1. Este ano devo ter assistido 3 grandes prêmios inteiros, muito pouco se eu pensar na fanática que eu era anos atrás. Não perdia uma corrida. Ontem eu torci muito pelo Felipe Massa e torci muito pelo Vettel, para que ele ultrapassasse o Lewis Hamilton. E foi uma corrida emocionante e o campeonato foi decidido na última curva. Felipe Massa teve o título de campeão do mundo por alguns instantes, mas no finalzinho o campeonato ficou com o Hamilton. Felipe fez uma linda corrida, fez tudo certo e está de parabéns pelo desempenho neste ano. Claro que eu fiquei um tanto frustrada, como todos, por ele não ter levado o campeonato, mas isso não tira o brilho do ano glorioso que ele teve. Este foi o ano em que ele mostrou que é um piloto de talento e que tem tudo para sagrar-se um grande campeão. Mas a Fórmula 1 é um esporte onde não se pode errar, e a Ferrari errou feio no GP de Cingapura e estragou a corrida de Felipe, que tinha tudo para vencer aquela corrida e se tivesse vencido, a história de hoje teria sido bem diferente, a vitória dele teria valido o campeonato.
Mas foi bom vê-lo vencendo um GP do Brasil. É bom ver um brasileiro no pódium, ainda mais no primeiro lugar. Fiquei feliz. E ano que vem ele tem tudo para ter uma temporada vitoriosa. Vou continuar a torcer por ele e pretendo assistir às corridas. Percebo que o meu amor pela Fórmula 1 estava apenas adormecido, continuo me empolgando com os carros e corridas. E agora tenho um ótimo motivo para acompanhar o campeonato atentamente.

Que o Felipe Massa tenha muito sucesso!!!





Nota da blogueira: Mas a vitória dele é ao mesmo tempo melancólica para mim, pois a Globo insiste em tocar a música do Ayrton Senna. Deveriam trocar o tema da vitória. Aquela música virou a música do Senna e fica estranho ouví-la como fundo da vitória de outro piloto. Quando eu a escuto sinto tristeza, pois lembro que ele não está mais aqui. Sim, eu era fã de carteirinha do Ayrton Senna. Ele foi o melhor, o melhor de todos.

Comentários

  1. Foi por muito pouco mesmo... Legal ver a festa da torcida quando ele cruzou a linha como campeão. Pena que depois veio a frustração. Eu assisti a todas as corridas esse ano.. E certamente esta foi uma das mais emocionantes que eu já vi na vida. Quando o Vettel ultrapassou o Hamilton a duas voltas do final senti até meu braço formigando, acho que ia ter um troço. Mas a adrenalina baixou logo depois,infelizmente. Beijos!

    ResponderExcluir
  2. Eu não acompanho F1 faz tempo, mas essa corrida eu vi o começo e o final, minha família estava grudada na tv :) Pior que minha cunhada brincou dizendo que o Hammilton ia quebrar na penúltima volta, e foi quase rs. Engraçado pensar que o Massa ao mesmo tempo ganhou e perdeu. Deve ser um tanto frustrante chegar em primeiro e mesmo assim não ganhar.
    E eu tbm acho péssimo tocar a música do senna no final. É a música dele, não deveria ser usada pra qualquer vitória. E eu também adorava o Senna, era época que eu assistia, acompanhava.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  3. Nossa, eu adorei essa corrida, fazia tempos que a gente não tinha tanta emoção. O rosto do Massa no Podium mostrava ao mesmo tempo a alegria e tristeza. Eu torci muito e na hora que eu disse: Puxa, enfim o Massa vai ganhar e o Brasil vai ser campeão depois de muito tempo.... logo depois o Hamilton passou. Mais um fds triste na F1, mas ele ainda vai ser campeão.

    Beijocas

    ResponderExcluir
  4. Patrícia,
    eu também fiquei vidrada na tela de TV para ver Felipe Massa ser campeão. Diferente de você, eu acompanhei a Fórmula 1, não com taaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaanta emoção, na época do Rubinho(pós mortem Ayrton Senna).Vi as atrapalhadas do Rubinho, choros, quebras de motores e Galvão "chato" Bueno torcer para a carroça e o comandante= Ferrari e Barrichelo. Vi Pedro aulo Diniz, o filho de Abílio Diniz na Forti Corsi(1995), Sauber e Minardi. Vi Ricardo Zonta e outros. Ficou muito sem graça assistir corridas e campeonatos e vendo Schummy ganhar 7 campeonatos.

    Só para lhe dar um dado, o "Tema da Vitória", que toca com Massa, não começou com o Ayrton, não. Começou com Nelson Piquet(Pai), acredito que com o título de 1981.

    Bjos,
    Isa.

    ResponderExcluir
  5. Tak, eu vibrei muito quando o Vettel passou o Hamilton! A galera da vizinhança também! Pena que a alegria durou pouco! Cuidado pra não ter um ataque menino!

    Rê, o Felipe terminou a corrida como campeão... acho que não durou um minuto com o título na mão. Ele deve ter uma mistura de sentimentos conflitantes.


    Dany, não achei tão triste assim. Afinal o Felipe venceu o GP aqui. Eu diria que não foi o GP perfeito, mas não foi triste não, frustrante sim.

    Isa, eu sei que o tema da vitória não começou com o Senna, mas acabou virando a música dele, por ter tocado várias e várias vezes com ele sendo o vencedor. Não tem como não associar à música ao Senna.
    E que a era Massa nos traga muitas alegrias!

    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Eu, que faz muito tempo nao via mais a fórmula 1, vi a corrida ontem. Acho que foi duplo merecimento do Massa, porque ele era o segundo piloto da Ferrari e, no final, ele era quem poderia dar o campeonato à escuderia. Bom, ressentimentos a parte, o Felipe aponta como sendo a nova esperança de fazer que se escute o barulho dos motores da fórmula 1 nas casas brasileiras no domingo de manha.
    O Airton é incomparável e sempre estará na nossa memória, em todo o mundo!
    Eu pensava que essa adoraçao por ele era coisa de brasileiro e japonês, mas me surpreendi ao ver que ele é muito respeitado aqui na Argentina também. Airton será sempre Airton, mas, Massa pode ser Massa!! Com direito à duplo sentido!! hahaha...
    Beijinhos,

    Marília

    ResponderExcluir
  7. Marion, onde eu assino? Concordo com tudo o que vc escreveu.

    Também comemorei mto a vitória do campeonato pelo Massa, ainda que por alguns segundos. Ok, ele venceu o GP, mas não tem o mesmo sabor né. Pelo menos estamos certos que temos um grande piloto e que ano que vem a história pode ser diferente.
    E qto ao tema da vitória, também acho que sá faz sentido com o Senna. A música é dele e ponto. Bjos!

    ResponderExcluir
  8. Logo estaremos acordando cedo aos domingos como fazíamos. Ano que vem ele leva, pode escrever.
    Beijo

    ResponderExcluir
  9. Mari, o Ayrton Senna é ídolo mundial. Quem era fã dele é a Tina Turner. Uma vez na Austrália, onde ele tinha vencido uma corrida, ela o chamou no palco e cantou Simply The Best para ele. E o Massa é massa! :)


    Nathy,eu acho que neste GP nasceu um grande pilto!

    Lord, eu acho que ano que vem voltarei a acordar cedo nos domingos e ficar acordada de madrugada para ver os GPs do outro lado do mundo!

    Beijos

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Vamos, comente!!!

Postagens mais visitadas deste blog

Na Secadora Não!

Ovono

Papel e caneta