E a Copa virou um evento político!




Eu tirei sim foto no metrô durante a minha ida ao Itaquerão, fiz isso porque queria registrar cada momento daquele dia que foi histórico para mim: a minha primeira Copa do Mundo! Não tirei a foto por achar pitoresco andar de metrô, como pensa um certo blogueiro esquerdista, eu  ando de transporte público todo dia, para ir e voltar do trabalho. Pego ônibus antes das 7 da matina, quando ele passa no horário, é claro. Paguei a minha passagem de metrô com o meu Bilhete Único do vale transporte.  E para completar, estou pagando o meu ingresso pra Copa em suaves prestações. 

Esta foto era para registrar  mais um momento da minha participação deste evendo esportivo tão importante para mim. Eu nem sonhava que eu acabaria fazendo parte de um evento político que está dando muito bafafá por aí.  Não tenho como deixar de comentar o ocorrido, eu estava lá. Eu presenciei a mega-uber vaia/xingamento para a Presidente da República. E sim, fiz coro com a galera na última vez que a vaia ecoou pelo estádio. Não vou posar aqui de mocinha educadinha que nunca falou um palavrão na vida e que ficou super ofendidinha com o que fizeram com a presidente.  Primeiro, sou educada sim e algumas vezes falo palavrão sim. Nada melhor para extravasar a raiva que um belo palavrão, né? Não sejamos hipócritas. Claro que não saio xingando as pessoas por aí  sem motivo e sempre sou muito gentil com todos, seja com  o cobrador do ônibus, que sempre dou bom dia, ou com o meu chefe.  Gentileza faz parte do meu dia a dia.  Mas naquele momento no estádio, já perto do fim do jogo, resolvi me juntar ao coro e extravasar o meu descontentamento com o Governo Federal. Ali, eu não xingava a pessoa física e sim a pessoa que exerce o cargo de presidente do meu país. A pessoa que lidera um governo que está gerando um descontendamento em todo o povo, não só daquelas pessoas que estavam no estádio. 

A Presidente já esperava a vaia, tanto que não teve coragem de discursar, como deveria fazer sendo ela a pessoa que ocupa o cargo de chefe de estado do país que está sediando o evento. Talvez não esperasse o xingamento. Ela sabe que o povo já está cansado deste desgoverno, das roubalheiras e dos mentiras propagadas pelo seu governo. Ela tanto sabe, que está com medo, pois as eleições estão chegando e ela tem medo de perder. Por isso agora está posando de senhora ofendida e assustada com manisfestação que aconteceu no estádio. Sinceramente eu acho que ela tá exagerando. Como acho que o ex-presidente Lula também está exagerando em suas declarações sobre o ocorrido. Ele acha que só tinha gente rica, branquinha, loira e paulistana. A tal elite paulistana que, em sua cabeça, tem ódio mortal pelos pobres.  Ele não sabe o que diz. 

Ali no estádio tinha brasileiro de todo tipo  e de todas as regiões. Provavelmente, nós paulistanos éramos minoria.  Lá estavam os brasileiros normais, gente normal que estava ali para realizar um sonho. Gente que juntou grana para comprar o caro ingresso, gente que trabalha duro e paga muito imposto para o governo e não recebe praticamente nada em troca. Gente que merece o respeito dos políticos esquerdistas como qualquer cidadão brasileiro. Gente que está cansada de ser xingada pelo ex-presidente, que nos trata como vilões e não vê que é o seu partido que não consegue governar direito este país e que não consegue oferecer serviços de saúde, educação e transporte de qualidade. E mesmo assim continua fazendo a gente pagar cada vez mais imposto.  O descontentamento é justo sim. 

Acho que a vaia foi merecida sim. Não precisava do palavrão, mas isso também não é coisa de outro mundo.  Para mim o mais importante foi que a torcida ali presente se comportou direitinho na hora da execução do hino da Croácia. Eu morria de medo que as pessoas vaiassem o hino do nosso adversário. Mas isso não aconteceu e todos mostraram muito respeito pelo hino da Croácia, como deve ser. Isso para mim foi uma prova que as pessoas ali era educadas sim. Educadas e cansadas de tanto desgoverno. E este cansaço gerou este desabafo em forma de vaia/xingamento.  E nós torcedores que estávamos no estádio não somos os vilões desta história, somos vítimas como todos os cidadãos brasileiros, do mais rico ao mais pobre, que sofrem por ter o país governado por gente que não tem competência e nem vontade de fazer de nosso país um país melhor. 


Comentários

  1. vixe, vamos de novo. qd o metrô chegou aqui perto de casa, eu comprei o bilhete único e passei a usá-lo. bilhete único normal, aquele q colocamos dinheiro e usamos. a vantagem é q se eu uso metrô e ônibus, o ônibus sai mais barato. com isso eu voltei a andar de ônibus e um ônibus depois do outro eu não pago. e com as exorbitâncias dos estacionamentos em são paulo, q dispararam nos últimos anos, muitas vezes o transporte público é o mais barato e rápido. eu tb teria vaiado, aquele discurso, com muitas inverdades da presidente um dia antes revoltou mais ainda. e se a vaia é com palavrão, que seja. tb nao escolho o palavrão como linguagem, alguém colocou e preciso checar, o discurso do jk depois de vaiado. algo assim "feliz o país que pode vaiar os seus governantes". fazendo menção da ditadura que impedia que as pessoas tivessem livre opinião. há muita coisa errada, gastos demais, demagogia demais, é difícil não se rebelar. beijos, pedrita

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Vamos, comente!!!

Postagens mais visitadas deste blog

Na Secadora Não!

Ovono

Meus Furacõezinhos!