A Vida Não É Uma Novela




A novela "A Vida da Gente" está em seus capítulos finais e eu já estou curiosa para saber quem vai ficar com quem.  Todo fim de novela é a mesma coisa, sempre queremos saber quem vai fazer casal com quem, esperamos pelo final feliz dos casais que ficaram se desencontrando a novela toda. Na vida real acaba sendo assim também, a gente sempre esperando por um final feliz, esperando ver as pessoas ao lado do ser amado. É tão automático pensar assim que a gente nem questiona se este é o único jeito de ser feliz. 

Eu sou do tipo de pessoa que acredita que só se pode ser feliz quando alguém que a gente ama, romanticamente falando, está ao nosso lado.  Mas  em um mundo com pessoas tão  diferentes não é limitador demais  achar que há apenas uma maneira  de ser feliz, não? Além de limitador, este tipo de pensamento acaba gerando uma cobrança enorme em cima das pessoas que estão sozinhas, sem namorado, marido, amante ou mesmo um simples ficante.  A pessoa que está sozinha é vista como coitada, sem ninguém que a queira. Olhamos de fora e já decretamos que aquela pessoa é triste e carente.  Quem somos nós para determinar como alguém se sente?  É muita arrogância achar que sabemos o que é melhor para alguém, muitas vezes mal sabemos o que é melhor para nós mesmos.  

Acho que às vezes achamos que a vida é uma novela e que podemos dar palpite na vida dos outros como se estes fossem meros personagens sem vontade própria. Já me peguei fazendo isso e já fiz  isso sem perceber. Tudo seria menos pesado se as pessoas parassem de cobrar das outras comportamentos considerados ideias. O que é ideal para um pode não ser para o outro. Acho que não há receita para ser feliz, não há um roteiro a ser seguido para ter uma vida com alegrias.  Acho que cada um vai descobrindo o seu jeito de ser feliz com o tempo, com as experiências vividas, sejam elas boas ou ruins. Tudo é aprendizado na vida e uma hora a gente aprende o jeito de ser feliz. Um jeito só nosso, que talvez ninguém mais entenda.  Por isso, por mais que eu não entenda, hoje eu consigo aceitar que alguém possa ser muito feliz sozinho.  A vida não é uma novela, e ninguém precisa encontar um par para ter o final feliz.  



Nota da blogueira: Eu ainda não sei quem vai ficar com quem na novela e nem quero saber antes do capítulo final. Portanto, quem souber, nada de me contar. Ando até fugindo dos portais de notícias nestes últimos dias. Até agora estou conseguindo me manter afastada dos spoilers. 

 

Comentários

  1. da vida da gente gostei muito do casal do leandro, acho que é isso, interpretado pelo leonardo medeiros e leona cavalli. a vida é assim, sem romantismos. cada um tinha um desejo, um atropelou o sonho do outro, mas o tempo curou as feridas e eles se reencontraram em uma situação completamente diferente. e o mais importante, estão dando a oportunidade de recomeçar. tem gente q por orgulho não aceita se entregar e ser feliz. beijos, pedrita

    ResponderExcluir
  2. Pedrita, eu gosto muito das história deles na novela. Está bem real e verdadeira. É muito legal eles estarem se aproximando agora, agora sim eles vão se entender de verdade.

    Eu conheço uma história assim, o casal se separou e anos depois casou de novo, e hoje estão mais felizes que antes. A separação foi essencial para que o amor entre eles sobrevivesse. E até incoerente, né?

    Beijos

    ResponderExcluir
  3. eu tb conheço casais q se reencontraram, quer dizer, encontraram com eles mesmos com a separação. tinham se separado deles, da identidade deles, e a separação promoveu o encontro do eu e depois promoveu a reconciliação em outros parâmetros.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Vamos, comente!!!

Postagens mais visitadas deste blog

Na Secadora Não!

Ovono

Papel e caneta