Jogos Olímpicos




Os jogos olímpicos de Londres mal acabaram e eu já estou com saudades.  Gosto muito da época da olimpíada, assisto ao máximo de competições possível, mesmo aquelas que eu mal entendo o que está acontecendo, de esportes que são desconhecidos para mim. Gosto de ver os atletas, gosto de ver a emoção ao vencer. É lindo!  E chego a torcer para atletas de outros países, não só os brasileiros.  Se bem que desta vez alguns brasileiros não mereceram torcida alguma, fiquei com a impressão que alguns foram apenas fazer turismo olímpico. Mas deixa estes manés para lá. Prefiro escrever sobre a linda festa de encerramento. 



A festa de encerramento teve a mesma concepção da festa de abertura, foi uma celebração à música pop britânica.  Linda e emocionante. Acho que quem não é tão ligado em música não deve ter achado nada de mais, mas para mim foi especial. Tanto na abertura como no encerramento,  tocaram músicas que marcaram a minha vida.  A música britânica realmente é parte integrante da minha vida, nunca eu tinha visto isso de forma tão evidente.






Na festa de encerramento uma parte que me emocionou muito foi quando o Roger Taylor apareceu. Ele é o meu baterista preferido, paixão que vem desde o meu tempo de criança, quando fiquei fã do Queen.  A parte do Queen foi linda, através de telões, fizeram Freddie Mercury  interagir com o público, o que ficou muito bonito e emocionante. Depois Brian May e Roger Taylor apareceram para tocar, para cantar colocaram a Jessie J. Infelizmente a parte vocal não foi boa, mas ver  metade do Queen ali no estádio já valeu a noite. 










Como é de praxe, uma parte da festa foi dedicada à próxima olimpíada. Confesso que tinha receio do que eu veria, mas adorei a parte brasileira.  Ficou muito lindo! Primeiro apareceu o Renato Sorriso, famoso gari do Rio de Janeiro que ficou conhecido por ter muito samba no pé. E ele foi apresentando um pouco do Brasil. Teve bateria de escola de samba, maracatu eletrônico, Seu Jorge,  Villa-Lobos na voz de Marisa Monte e muita beleza.  Marisa cantou também  'Aquele Abraço', música perfeita para o evento. Este 'teaser' do que será a festa na Olimpíada do Rio de Janeiro me fez ter vontade de ir à cerimônia de abertura dos jogos de 2016. E eu vou! :)





Eu  acompanhei os jogos pela SporTV. Tenho que parabenizá-los pela ótima cobertura dos jogos.  Transmitiram eventos de diversas modalidades, sempre com algum especialista para explicar o que acontecia.  Desta vez o canal desistiu de tentar mostrar tudo, como fez com a Olimpíada da China. Na ocasião, na fissura de mostrar tudo, não mostrava nada, pois as transmissões eram interrompidas para mostrar alguma que havia acabado de começar.  Assim a gente não via nada e ficava frustrado, pois não conseguia terminar de ver nenhum evento. Mas agora foi diferente, eles estavam menos afoitos e ficavam nas transmissões até o fim. Um ou outro que eu vi que cortaram para outro e evento.  E a transmissão da Record? Não sei. Não coloquei uma vez sequer na TV Record para acompanhar os jogos.  Por isso não tenho como emitir opinião.


Os jogos de Londres deixaram saudades. Foram lindos e bem origanizados.  Que venham os   jogos olímpicos do Rio de Janeiro!  E eu estarei lá, afinal, é a minha grande chance de vivenciar uma olimpíada de perto e eu não vou perder. 


Comentários

  1. eu acompanho um pouco, não tão apaixonadamente qt vc. confesso q não me animei muito nem com o encerramento, nem com a mostra brasil. beijos, pedrita

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pedrita, eu sempre fui louca por olimpíadas. :) Adoro! Beijos

      Excluir
  2. Também vou ficar com saudades das Olimpíadas e espero estar no Rio 2016! E no encerramento de Londres tivemos direito até a churros olímpicos!!! Beijinhos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mari, adorei ver o encerramento com vocês aqui em casa! E os churros olímpicos ficaram divinos! :) E estaremos no Rio 2016!!!

      Beijos

      Excluir

Postar um comentário

Vamos, comente!!!

Postagens mais visitadas deste blog

Na Secadora Não!

Ovono

Papel e caneta