Debatendo


Ontem foi realizado pela TV Bandeirantes o primeiro debate entre os principais candidatos ao cargo de Presidente da República. Assisti inteirinho. Gosto de debates, gosto de ver a reação dos candidatos e também avaliar os discursos. Mas vou além do conteúdo político que eles ali estão para divulgar. Eu procuro ver como eles se portam quando estão acuados, se têm serenidade suficiente para o cargo que pretendem o ocupar. Um bom político tem que ir para um debate bem preparado, tanto no quesito de informações, como no lado emocional. Não pode deixar se abalar, afinal o que o adversário deseja é isso, desestabilizar o concorrente.  Neste ponto fiquei impressionada com o despreparo da Dilma (PT), faltou treino para a candidata e estudo também, tanto sobre suas metas como sobre o governo que está representando. Vimos ali uma candidata sempre nervosa e hesitante nas respostas. Faltou ensaio mesmo. Há que se preparar, nervoso todo mundo fica numa situação desta, mas há que saber disfarçar, o público não pode notar este nervosismo tão claramente.  Neste quesito de tranquilidade quem se sobressaiu foi a Marina Silva ( PV), sempre serena e segura do que falava. Não se deixou abalar nem com as mais ferozes alfinetadas e me impressionou com o Português corretíssimo que falava. Coisa rara nos dias de hoje, quando poucos sabem tratar bem nosso idioma.  Serra (PSDB) era o mais bem ensaiado para o debate, sabia bem o que perguntar e o que responder. Estudou bem os números e falou tudo com uma eloquência admirável. Mas em debate ele tem prática, é de longe o mais experiente daquela turma. Agora o Plínio (PSO) foi a estrela do debate. Ele foi lá para bagunçar o coreto e falar mal do sistema, dos outros candidatos e do capitalismo. Ele garantiu ótimos momentos, principalmente quando se indignava  e dizia que estava sendo discriminado no debate, pois ninguém perguntava para ele. Dos candidatos, somente a Marina foi caridosa e fez uma pergunta ao candidato comunista.  Ele mesmo descriminado, conseguiu sair do papel de figurante para o de protagonista do debate. Ao meu ver foi o que melhor aproveitou o debate. Agora é esperar pelo próximo! 

O aspecto político? Vou me abster deste tema, nada de política neste blog. Até porque falar de política em época de eleição é bem complicado,  TRE/TSE  ficam de olho em tudo e qualquer coisa pode ser considerada ofensiva. E não estou a fim de correr o risco do meu bloguinho ser fechado por eu ter infrigido alguma regra eleitoral que eu nem sabia que existia.  Mas estou de olho em tudo. É algo muito importante, temos que pensar bem para escolher quem mecere nosso voto. Vamos decidir quem vai governar nosso país e nosso estado pelos próximos 4 anos. Além dos que estarão encarregados de criar as leis. Por isso, abra o olho nesta época, preste atenção em tudo que eles falam e saiba separar o que é verdade e o que é blá blá blá eleitoreiro. 

Comentários

  1. eu pensava ontem como os políticos hj se preparam melhor. um pouco depois da diretas já, os discursos ainda eram subjetivos, vagos, falava-se pouco em proposta de governo. hj já são bem mais recheados de informações. ainda usam muitas mentiras, distorcem muitos números, mas as matérias ou mesmo durante o debate rebatem. acho q tivemos uma melhora pela democracia, ainda não adequado, mas já mais evoluído. a dilma me surpreendeu, achei q ela saiu melhor do q eu esperava, mas concordo, ainda não tem prática e fala coisas q não são coerentes com ela e soa falso. eu não vejo ela como alguém do povo já q veio de uma família "burguesa", q tanto o lula desqualificava. ela tem um perfil familiar bem mais para fhc q para o pt. não estou dizendo q com isso ela não lute por todos, mas acho meio incoerente o discurso dela sendo da família q é. a marina tem um histórico político muito longo, estudou muito, mesmo tendo só estudado depois dos 16. era analfabeta até essa idade. e é isso o q me surpreende nessa candidata, a garra, os estudos, e o preparo. mesmo q eu discorde de algumas posições políticas dela. discordo de algumas posições de todos. isso não significa q irei anular. vou escolher o q me identifico mais, mesmo analisando as diferenças q nao me agradam. acho q a marina sempre valorizou muito o estudo e fez pedagogia. acho q ela sabe q por ser de um lar humilde, mulher e afro-descendente, sofreria muito preconceito. e talvez por isso tenha estudado muito mesmo antes de sonhar ser candidata a presidente. prefiro a postura dela a do lula q se acomodou culturalmente. tanto q em copenhague ela era muito conhecida, suas ideias eram conhecidas pq já tinha participado outras vezes, diferente dos outros candidatos. o serra realmente é muito preparado pra confrontos políticos. acho a marina mais preparada para confrontos teóricos. o plínio é muito culto, mesmo q eu discordo radicalmente de quase todas as posições políticas dele, ele cutucou questões imprescindíveis de discussões. realmente o plínio ganhou muito com o debate. espero q tudo q coloquei não venha a ferir o código eleitoral. vou ler de novo antes de postar. se achar q algo crie problemas pode deletar meu comentário. beijos, pedrita

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Vamos, comente!!!

Postagens mais visitadas deste blog

Na Secadora Não!

Ovono

Papel e caneta