Baixista?





As minhas aulas de  guitarra viraram lenda. Não tive nenhuma sequer. Fui adiando, adiando e esqueci disso. E acabei trocando a guitarra pelo baixo!  Desde a semana passada Daniel está me dando aulas de baixo, até o momento tive 5 aulas. Estou aprendendo desde o comecinho, decorando as notas músicais e aprendendo onde fica cada nota. Até o momento aprendi as notas de duas cordas,  a quarta e a terceira.  O meu professor diz que estou indo bem e aprendento rápido, mas para mim tudo tem sido bem difícil. É tudo novo e isso me deixa bem insegura.  Como Daniel é paciente, o aprendizado tem sido suave, mesmo com algumas briguinhas no meio. Sou uma aluna meio teimosa e perguntadeira demais. E abusada, né? Pois quero discutir com ele um assunto que ele domina e eu não sei praticamente nada.  Estas briguinhas fazem a gente dar muita risada e animam a aula.  

Já estou praticando uma música, "Love Profusion" da Madonna, que só usa as cordas que estou aprendendo, a quarta e a terceira. Ainda estou longe de tocar a música pra valer, mas já consegui decorar a sequência das notas. O meu maior problema é a marcação do tempo, que difícil é isso pra mim!  Me perco toda se o Daniel não marca o tempo para mim.  Eu estou determinada e vou conseguir tocar. Esta será apenas a primeira de muitas músicas que vou aprender.  




Estou aprendendo a tocar no baixo do Daniel, que ele comprou na quinta-feira da semana passada. Fui com ele na Teodoro Sampaio, pesquisamos bastante até encontrar o baixo perfeito, como ele queria e dentro do orçamento dele. Ele comprou com a grana dele e fez um ótimo negócio. Para meu espanto, me vi penchinchando o preço do baixo com o vendedor da loja com uma desenvoltura digna de personagem marroquino de novela da Glória Perez! Eu morro de vergonha de fazer isso, mas a minha vontade de ajudar o Daniel foi maior que a minha timidez, assim consegui baixar bem o preço para que ele conseguisse comprar e ainda voltasse pra casa  com um dinheirinho de troco. Deu tudo muito certo! 

Gosto muito de vê-lo tocar.  Fico vendo e pensando se um dia vou tocar tão bem como o meu professor. Será? Estou tantando com afinco! :) 



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Na Secadora Não!

Ovono

Papel e caneta