E o mundo não acabou!



Este post aqui  e  o de ontem só foram publicados porque o mundo não acabou no sábado. Felizmente o pastor que garantia o fim dos tempos errou as contas de novo. Sinceramente eu não estava nem um pouquinho preocupada com esta previsão apocalíptica, pois quando as coisas muito ruins acontecem, elas acontecem assim de repente, sem aviso algum.  Pelo menos é assim comigo. Tudo de muito ruim que já me aconteceu nesta vida me pegou de surpresa. Nunca consegui vislumbrar que nenhuma destas coisas pudessem acontecer. Nunca. Por isso que quando eu quero que algo dê certo começo a imaginar tudo de ruim que possa vir acontecer. Pode parecer idiota ou até mesmo mórbido. Mas eu penso nas possibilidades mais óbvias do que pode acontecer de errado e isso acaba me dando alguma segurança. Pois se eu consegui vislumbrar tais problemas, é que eles realmente não vão acontecer. Certeza. Mesmo coisinhas erradas que acontecem no dia a dia, sempre aparecem sem aviso. Um exemplo recente  foi provocado pela obra de restauração da fachada do prédio onde eu moro. Tenho deixado as janelas fechadas para evitar a poeira da obra, e achava que isso era todo o cuidado que eu precisava ter. Estava totalmente enganada. Quinta-feira cheguei em casa e me deparei com o piso da sala molhado. O mesmo cenário eu encontrei no quarto onde fica o computador. Tudo molhado perto da janela, inclusive o meu notebook que estava em cima da mesa.  De onde saiu tanta água? Da pistola de água que os pedreiros estavam usando para limpar as pastilhas da fachada do prédio. E ninguém do prédio nos avisou que seria usada água desta maneira na obra. E o resultado foi o piso do meu apartamento, e tudo mais em volta das janelas, encharcado.  As janelas do prédio são velhas, antigas como o prédio, e não fecham direito. Assim, entrou água pelos vãos que ficam nas laterais e no centro das janelas. Felizmente nada de mais grave aconteceu. O meu carpete de madeira sobreviveu à inundação e o notebook ficou molhado só na tampa. Mas fiquei bem chateada com isso, estressei e reclamei com o zelador. Agora estou a espera dos próximo capítulos. Mas já estarei prevenida quando começarem a obra na outra lateral do prédio, vou forrar tudinho em volta das janelas. Já é um problema a menos que vai acontecer. E estou me esforçando para tentar prever o que mais pode dar de errado com esta obra. Mas a única certeza que tenho, é que precisarei de muita paciência para os próximos meses.  O que eu queria mesmo é ter um tecla FF e chegar logo no dia em que tudo vai terminar.

 

Comentários

  1. realmente tudo que dá errado são coisas quenão pensamos que iriam acontecer... se prepara pq obra é uma caixa de surpresas... espero que td de certo bjo

    ResponderExcluir
  2. Gammelo, estou trabalhando a minha paciência durante esta obra!

    Beijos

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Vamos, comente!!!

Postagens mais visitadas deste blog

Na Secadora Não!

Meus Furacõezinhos!

Ovono