Eleições Chegando




Eleições chegando e eu já vou fazer a minha cola para o dia da votação.  Impossível votar sem levar o meu papelzinho com os números dos candidatos. Muito número pra decorar! Como não quero errar o meu voto e nem quero demorar muito na hora de digitar os número na urna eletrônica, melhor anotar tudo e votar rapidinho. 

Quero também que este clima de eleições passe logo, é muito disse-me-disse, muita picuinha, muita ignorância e violência verbal. Difícil manter a serenidade. Tem uns absurdos que leio e ouço por aí que me tiram  do sério.  Se isso viesse só de gente que eu não dou muito importância, nem ligaria muito. O problema desta época é bater de frente com gente que eu prezo muito.  É complicado gerenciar amizades com diferenças políticas irreconciliáveis. Em geral eu prefiro ficar no meu canto e me abster de dar o meu pitaco, mas tem hora que não dá. Aí o jeito é discordar com educação e não alongar a discussão para o bem da amizade.  

O Facebook fica insuportável nesta época, é uma enxurrada de publicações com teor político, na maioria das vezes com ataques políticos. Cansa. Jornais e revistas também ficam assim.  A internet fica assim. Um clima de guerra por todo lado. Guerra e mentiras. Não há ninguém mais cara de pau do que político querendo ganhar eleição.

Espero sinceramente que as pessoas deixem o blá blá blá de lado e pensem bem em quem vão votar. Que não negligenciem os votos para os cargos de deputados estaduais, federais e senadores. Não é brincadeira, não pode votar no palhaço ou no cara que tem o número mais fácil. Tem que votar em quem você acredita que fará um bom trabalho. 

Eu já sei em que votar. Pensei bem e votarei de acordo com as minhas convicções. Não me deixo levar por pesquisas e nem por calúnias. Torço para termos um bom resultado para o segundo turno para presidente, senão ficarei numa enrascada, pois sei que não vou querer votar em nenhuma opção.   Daqui a 10 dias eu descubro se irei votar feliz no segundo turno se será dramático.



Comentários

  1. o que me incomoda são os discursos de que tudo no brasil é perfeito ou que passará a ser perfeito se aquele candidato for eleito. esse mundo da fantasia ainda permeia a política e deve ser porque ainda influencia. eu prefiro um discurso bem mais pé no chão. mas pode ser que se um candidato for assim não ganha. tb acho esquisitíssimo as explicações sobre votos. 100 vão para o partido. por isso uma pessoa mais votada não vence e outra menos votada vende pq depende do partido. me dá sempre uma sensação de estar continuamente sendo enganada. tb não pode votar em gente com nome parecido. gente que coloca nome parecido com uma celebridade. ou mesmo votar em uma celebridade só pq conhece e não pq acha que pode acrescentar algo, ou tem uma boa proposta. eu tb já me decidi. beijos, pedrita

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Vamos, comente!!!

Postagens mais visitadas deste blog

Na Secadora Não!

Ovono

Meus Furacõezinhos!