Rotina Cansativa




Estou aprendendo com o tratamento do Sam a não criar expectativas.  Um aprendizado duro, mas valioso. Toda vez que os índices de glicemia dele parecem que estão caminhando para a normalidade, tudo sobe de novo.  É  tudo muito instável. Até um tempinho atrás, o meu  estado de espírito variava de acordo com o nível de glicemia dele. Baixo, eu ficava feliz da vida. Alto, ficava arrasada e preocupada.   Haja emocional que aguente tanta variação! 

Ficar histérica não ajuda em nada. Eu sei que faço tudo certinho, sigo o que a vet diz, dou a ração recomendada, aplico a insulina duas vezes por dia.  Mas tem hora que, mesmo com tudo certo, sai tudo errado. Tem dias que falho na aplicação da insulina. É tudo bem complicado.  Por isso, manter a tranquilidade ajuda que tudo fique menos difícil.

Já estou em um ponto de conformismo. Já acredito menos que ele possa se curar da diabetes. Já lido com a possibilidade de ter que levar esta rotina de aplicação de insulina por anos a fio.  Não quero ser pessimista, mas eu tenho que vislumbrar esta possibilidade, que é muito real.  O meu Sam tem uma doença que pode virar crônica e eu vou ter que encarar, afinal, ele é meu filho. 

É uma rotina cansativa, eu nunca pensei que o fato de não conseguir mais dormir até tarde nenhum dia da semana, fosse me deixar tão cansada. É impressionante o sono que eu tenho.  Dá 10 da noite e eu já estou derrotada, com um sono que não me deixa fazer mais nada.  Acordar cedo sempre, me faz ter que ir cedo sempre para cama. Não tem jeito. 

Mas é a minha realidade, não adianta lamentar. O meu papel é fazer tudo para que o Sam tenha uma vida boa, que não sofra.  Até o momento estou conseguindo. Mesmo com a glicemia variando muito, ele está com os exames em dia, só a glicemia está fora do eixo. O resto, perfeito, nem parece um gato de 12 anos.  

Amanhã já é dia de comprar mais um lote de seringas. Além de todo o cansaço, vai uma grana considerável no tratamento. Fico pensando como é difícil ser diabético neste país, como tudo é tão caro! A seringa é cara, a insulina então!   É uma realidade muito difícil mesmo, tanto pela rotina de injeções diárias, medições de glicemia, como pela parte financeira. O tratamento sai caro mesmo. 

Por isso tudo que já abstrai, cada vez me estresso menos com tudo isso.  Sigo a rotina de cuidados com o Sam e pronto.  Se o resultado não é aquelas coisas, paciência. Estou fazendo tudo certo. Estou cuidado do meu gatão como se deve.   E ele está bem, apesar de tudo. 

Faço e faria tudo de novo, afinal, mãe tem que encarar tudo para ver os filhos bem. 



Nota da blogueira:  Se você não tem um bichinho de estimação, pense bem antes de ter. Pense nas horas ruins, porque se ele ficar doente, você vai ter que encarar. Um bicho não é descartável.   Fica a dica! Seu bicho será seu na alegria e na tristeza, um filho mesmo! Tá a fim de encarar? Se sim, vai fundo, pois é uma grande alegria tê-los por perto, mas é uma grande responsabilidade também! 



Comentários

  1. Nossa Patry, imagino como isso deve ser cansativo e sem previsão de acabar fica ainda pior. Já é ruim quando eles tem que tomar remédio por alguns dias nos horários certos, imagina no seu caso! Mas penso como você, a partir do momento que temos o animal, nossa responsabilidade é zelar por ele e cuidar para que ele fique sempre o melhor possível. Pra mim também não seria uma opção NÃO tratar, por mais difícil que isso pudesse ser. Passei por maus bocados com o Mingau antes de viajar, você sabe, foi muito difícil ver meu gatão dias e dias internado e - sejamos realistas - pagar a conta também não foi nada fácil. Mas deixar ele sofrer até morrer? Eu jamais seria capaz disso.
    Beijos e um cheiro no Sam e no Frodo!

    ResponderExcluir
  2. realmente não dá pra pensar em adotar um animal pensando só no que ele faz bonitinho. tenho me aborrecido em ver pessoas que se irritam com as manias dos gatos. não é fácil lidar com algo que o bichinho tem sem perspectiva de cura. hj a sarah me deu um susto tb. teve cistite, já está medicada, mas é muito angustiante. pelo menos no caso dela espero que tudo se resolva. melhoras para o sam, ou mesmo equilíbrio para a diabetes dele para vc ter mais paz. fiquem bem. beijos, pedrita

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Vamos, comente!!!

Postagens mais visitadas deste blog

Na Secadora Não!

Ovono

Meus Furacõezinhos!