Dia De Jogo #SanFranciscoDays




Domingo foi dia de ir ao jogo de futebol. Foi tudo bem diferente para mim, afinal foi um jogo de futebol americano, esporte que eu não sei nada a respeito. Nunca entendi as regras.  Mesmo assim tive vontade de me juntar à excursão da escola para ir ao jogo do Oakland Raiders contra o Arizona Cardinals.


Acordei animada para ir ao jogo, mas quase que não vou. Eu fiz uma baita confusão, achei que o ponto de encontro da excursão seria a escola, como aconteceu nas outras duas vezes. Aí não chequei direito a informação e fui pra escola. Perto das 11 da manhã comecei achar estranho que não tinha ninguém por lá ainda. Então peguei o celular para checar as informações e aí eu vi que eu tava no lugar errado! O ponto de encontro era no outro hotel da escola, perto de onde eu estou hospedada. Bateu desespero, pois já estava em cima da hora. Fui pra avenida atrás de um táxi. Dei sorte e peguei um de imediato e cheguei pontualmente às 11:15. Pontualidade britânica! 








Acho que estávamos em uns 15 estudantes, mais o guia.  O jogo foi na cidade de Oakland, que fica pertinho de San Francisco. Fomos para lá de metrô, conhecido como BART (Bay Area Rapid Transit). Foi a minha primeira viagem de metrô aqui, gostei.  A viagem levou uns 30 minutos, eu acho. A saída da estação de Oakland já dá direto no estádio, muito prático.  



Chegando ao estádio nos deparamos com uma desagradável surpresa: Ninguém poderia entrar com bolsa  e/ou mochila no estádio. Ninguém da escola tinha nos avisado disso, falharam feio neste quesito.  Para os desavisados como nós, a organização do estádio cobra dez dólares para guardar as bolsas e nos dá uma sacolinha de plástico transparente para que possamos carregar as coisas que precisamos levar para o estádio, como carteira e documentos.  Descobri depois que eles permitem que o torcedor entre no estádio com bolsa, desde que seja transparente. Vi muitas mulheres com uma bolsa transparente do Raiders dentro do estádio. 



Tudo no estádio era bem caro. O copo de cerveja foi incríveis 10 dólares e 75 cents! A garrfinha de água estava cinco. Com o calor que tava, não tinha como não beber nada. Acabei almoçando lá, comi frango frito e batata frita.  Junk food total! Mas tava bom e matou a minha fome. 




O jogo durou umas 3 horas. Em tempo corrido não era para ter durado mais que 1 hora e 12 minutos, contando com o intervalo. Mas o jogo é muito truncado. Toda hora o jogo é paralisado e o cronômetro pára também.  Muitas vezes durante as pausas, as cheerleaders entram em campo para dançar. Muita dança, muita música e pouco jogo. Esta foi a impressão que eu tive. 

Eu não entendia muita coisa, então ia com a torcida do Raiders. Eles comemoravam, eu também. Eles reclamavam da jogada,  eu também. E assim foi e foi divertido. Houve uns lances empolgantes, do tipo que sempre aparece nos filmes: Quando o jogador pega a bola e vai deixando todo mundo pra trás.  Falando em bola, como é difícil descobrir com quem tá a bola!  Mesmo quando a bola está no campo fica difícil de enxergá-la, não dá muito contraste com a grama. 

Infelizmente o time para qual eu estava torcendo perdeu. Placar foi 24 à 13 para o Arizona Cardinals. Antes do final do jogo muitos torcedores já tinham deixado o estádio.

Gostei muito da experiência. Muito legal assistir um jogo completamente diferente do que eu estou acostumada.  


Comentários

  1. Haha senti que você foi completamente perdida pra esse passeio! O que geralmente traz surpresas ótimas, né?
    Beijos!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Vamos, comente!!!

Postagens mais visitadas deste blog

Na Secadora Não!

Ovono

Meus Furacõezinhos!