Transformers : Dark Side of the Moon





O Bumblebee merecia um filme melhor. "Transformers - Dark Side of the Moon" (USA/2011) é um filme muito chato, conseguiu a façanha de ser pior que o Transformers 2, que ainda tinha alguns bons momentos. Realmente, o único filme que presta desta triologia é o primeiro Transformers, de 2007. Fiquei decepcionada e até angustiada, pois o filme não acabava mais. Quase três horas de filme! E eu senti cada minuto do filme, era tudo tão arrastado que parecia interminável. Realmente não consegui me envolver com a história e até cochilei  no cinema em alguns momentos. O filme perdeu  bom humor dos anteriores, tentou ser um filme sério, com muitas estratégias militares, planejamentos de ataques. Tudo muito muito chato. 
Neste filme os Autobots, os transformers do bem, descobrem que há uma  aeronave de outra raça de robôs perdida na Lua e lutam para impedir que os Decepticons, os transformers vilões, consigam pegá-la para si.  Nisso contam com toda a ajuda do serviço secreto americano e, claro, do Sam (Shia LaBeouf) o protagonista humano da série. O começo do filme é legal, gostei da mistura da realidade com ficção, mostrando que a ida do homem a Lua foi motivada pela suspeita que lá haveria uma nave alienígina, neste caso de uma raça de transformer. Ficou bem inspirado este começo e as montagens com as imagens reais da época.  Depois  disso o filme fica arrastado e chato.  Até o Bumblebee está sério. Ele nem toca mais músicas, conversa com todo mundo usando trechos de fala dos locutores de rádio. E ele aparece pouco, fica perdido no meio de tantos transformers e tantas batalhas sem fim.  Outro problema do filme é a mocinha. Megan Fox, a mocinha dos filmes anteriores, foi demitida por mau comportamento e colocaram em seu lugar Rosie Huntington-Whiteley, uma loira sem sal e inexpressiva. Impossível acreditar que há amor entre ela e o Sam. A atriz, se é possível chamá-la assim, é praticamente uma barbie em tamanho real. Fica lá só enfeitando o filme e é sofrível nas cenas em que tem que expressar algum sentimento. Ruim demais.
Eu assisti o filme em 3D legendado no cine Kinoplex do Vila Olímpia, sessão da meia-noite de sábado para domingo. Não valeu a pena ver o filme em 3D, não há muitos efeitos que justifiquem aguentar aqueles óculos apertando a cara da gente por mais de duas horas. Se for arriscar ver este filme, opte por uma sessão normal em 2D. Mas sinceramente, se tiver curiosidade de ver o filme, espere para ver na TV. Não vale o ingresso do cinema.


Comentários

  1. hahaha!! caramba! você realmente detestou o filme! :)
    bom.. tinha falado que o filme era médio.. mas agora que você falou.. confesso que também cochilei no filme, na hora daquelas batalhas intermináveis.. hehehe No final, fiquei com dó do Megatron.. :p na verdade, já não estava mais gostando de ver tanta destruição.
    Assisti 2D mesmo porque a sessão 3D estava lotada! Ainda bem então, porque algo me dizia que não teria nada muito 3D. Tentei levar o Marcelo e a Nayara, mas eles não quiseram ir.. escolheram Se Beber não Case 2 (esse é outro que é um filme médio, tem momentos de boas risadas mas não vale um ingresso no cinema).
    Nossa! Esse foi o meu comentário mais longo no seu blog! :D hehehe

    ResponderExcluir
  2. Ainda bem que vc não viu na sala Premium do Vila Olímpia, senão ia dormir as 3 horas... hahahah... Bjs,

    ResponderExcluir
  3. Juli, adoro comentários longos!!! Ai este se beber não case, eu não vejo nem que me paguem! rs. Uma pena ter me decepcionado com o Transformers , eu tava tão animada. Filme péssimoooo!

    Mari, nossa, se fosse lá aí que não tinha visto filme mesmo! rs


    Beijos

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Vamos, comente!!!

Postagens mais visitadas deste blog

Na Secadora Não!

Meus Furacõezinhos!

Ovono